terça-feira, 29 de março de 2005

A Vida Como Ela É

Quando o carro da GM der problema, prá quem você vai ligar - General ou Motors?

O mundo tá indo para o buraco porque a política não é liderada por verdadeiros políticos, os negócios não são liderados por verdadeiros empreendedores, e as pessoas comuns não são verdadeiras consigo mesmas. Se você fizer o que você fala que vai fazer, alguma coisa será diferente. Nós não podemos mudar o mundo, mas você pode.

Querida(o) Amiga(o),

O governo quer controlar tudo, as empresas querem lucrar com tudo, o que é de todos por direito de nascer, já não te pertence mais, o mundo, a natureza, a empresa. As coisas sairam do controle porque os cidadãos do mundo não são honestos com a posição que ocupam. Gerentes de Vendas não estudam gerência de vendas. Vendedores não estudam vendas. Advogados não estudam advocacia. Engenheiros não estudam engenharia. Professores não estudam educação. Professores querem ser advogados, advogados querem ser empresários, empresários querem ser políticos.

Basta. É agora seu Dever recuperar os seus Direitos. Você aterrisou nesse planeta por merecimento, sem dúvida, conseguiu o melhor trabalho do mundo - o que você tem hoje -, seja lá onde for e o que for, mas não o está assumindo com a Verdade. Não siga as bíblias do mundo. Escreva a sua. Quando for demonstrar as suas idéias, não as justifique com os pensamentos de Peter Drucker.

Quando for provar as suas crenças, não se esconda por trás dos versículos de São Mateus. Escreva o seu próprio versículo, tenha o seu próprio pensamento. Foi para isso que você veio. Para construir uma General Motors que tenha o seu Nome, um empreendimento que tenha o seu Rosto. O conhecimento do mundo precisa avançar. Nem tudo está claro. Você está aqui para clarear as coisas. Colocar a empresa em que você trabalha em sintonia com o mundo.


Avançar! Eu não me surpreendo se você disser que sabe recitar poesias de cor e salteado, tocar músicas de cabeça, implementar o balanced scorecard by the book na sua empresa. Nem tão pouco me surpreendo com o que o Jô Soares, Faustão e Joelmir Betting estão falando! Eu me importo com o que você está pensando por si mesmo.


Todas as boas empresas desse mundo foram levantadas do chão por pessoas fanáticas por mudar a história das suas vidas, questionar as sociedades em que viviam, e ser parte do melhor do mundo. Muitos fizeram. Trouxeram o bastão até você. Não para você continuar a mesma corrida de rato que eles correram, mas para você parar, pensar, olhar para o bastão, jogá-lo longe, e começar um novo esporte, para um novo mundo. Quando o bastão foi passado a você, a expectativa era de que você se apaixonasse pela Vocação de buscar a sua própria existência, como os primeiros fizeram, e não para viver a sombra do passado. O que aconteceu? A nossa geração nasceu para assumir a presidência das General Motors e Governos do mundo. Nunca duvide disso. A presidência das empresas que poluem os rios para vender água engarrafada, e dos governos que destroem as árvores para criar centros comunitários. Mas onde está você? Onde estão os seus versículos e os seus pensamentos? Dê um Control+Alt+Del em todos os preconceitos da sua cabeça.


QUESTIONE TUDO! Viaje! Conheça o mundo. Troque as mensalidades que pagam a escola caça-níquel do diploma de papel por um punhado de livros e algumas passagens aéreas ou terrestres para novas culturas. O preconceito de todos nós precisa acabar.


Um rapaz moreno de olhos claros e pele branca não se convalesce pelo menino de rua de pele escura porque no fundo no fundo, o menino de rua tem pele escura. Se o menino de rua tivesse olhos claros e pele branca como o rapaz moreno tem, ele iria se mexer para ajudar. Ele iria se indignar em ver um irmão sofrendo na rua. Ele iria mudar as coisas. Com certeza, ele iria mudar as coisas. E Você? Olhe pelo Mundo! A responsabilidade é toda sua. Dessa vida você não vai levar as respostas. Sinto muito, a dúvida sempre existirá. Portanto, você não precisa aprender as respostas. Dessa vida você vai levar as perguntas, somente as perguntas. Portanto, você precisa aprender a perguntar.


SEMPRE! Quando as coisas quebrarem, quem se responsabilizará por elas? Você ou o seu crachá? Você ou o seu diploma? Você ou o seu dinheiro? Você ou o seu carro? Você ou o seu pai? Olhe pela Empresa! A responsabilidade é toda sua. Daqui a alguns anos, quando você deixar a empresa em que trabalha hoje, você precisa deixá-la mais forte do que você a encontrou, mais humana, menos preconceituosa. Ela pertence ao mundo, ela pertence a você.


Nós não podemos mudar o mundo, mas Você pode. Nada menos que isso interessa.

3 comentários:

The Del Gatto Times disse...

Senhores: vocês tem razão em muitas coisas. Por isso pensamos que vão gostar de ler o nosso jornal.

Cordialmente,

The Del Gatto Times

The Del Gatto Times disse...

Senhores: vocês tem razão em muitas coisas. Por isso pensamos que vão gostar de ler o nosso jornal.

Cordialmente,

The Del Gatto Times

The Del Gatto Times disse...

Senhores: vocês tem razão em muitas coisas. Por isso pensamos que vão gostar de ler o nosso jornal.

Cordialmente,

The Del Gatto Times
www.thedelgattotimes.blogspot.com